SEJA BEM VINDO!

quinta-feira, 29 de março de 2012

Lição 01: Jesus, o amigo das crianças.


PRIMÁRIOS
Texto Bíblico: Marcos 10:13-16.
13 Então lhe traziam algumas crianças para que as tocasse; mas os discípulos o repreenderam.
14 Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque de tais é o reino de Deus.
15 Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele.
16 E, tomando-as nos seus braços, as abençoou, pondo as mãos sobre elas.

Objetivo: Demostrar que Jesus ama as crianças e deseja ser amigo delas.

Versículo para memorizar: 

Frase do dia: Imprimir em papel peso 40kg, depois cortar com a tesoura seguindo a linha pontilhada.
Imprima os botons abaixo em papel peso 40 kg, cole em EVA colorido, no momento de receber as crianças na sala cole com fita dupla face na camiseta das crianças.
Lembrancinhas:

Boa aula!!!!

Material de Apoio a classe de pré adolescentes na EBD


Estou publicando os links para as lições deste trimestre da classe de pré adolescentes. Para ver o material e copiar clique na lição de sua preferência na lista abaixo:


Lição 01: Não é história de Pescador.
Lição 02: O trigo e o joio.
Lição 03: A história do Perdão.
Lição 04: A história do semeador.
Lição 05: Uma pequena semente.
Lição 06: A moeda perdida
Lição 07: Construindo um abrigo seguro.
Lição 08: Rico, porém tolo.
Lição 09: A ovelha perdida.
Lição 10: Luz para todos.
Lição 11: Trabalhadores da plantação de uvas.
Lição 12: Damas de honra.
Lição 13: Um homem solidário. (postarei em breve!)


Passos para copiar as imagens no seu PC:

  1. clique na imagem, ela vai abrir em tamanho original;
  2. clique com o botão direito do mouse na imagem;
  3. escolha a opção "Salvar imagem como"
  4. salve em local de sua preferência no pc.
Boa aulas, que Deus te abençoe nesta jornada!

Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos.
 Salmos 126:6

Material de apoio a classe de Jardim de Infância na EBD


sexta-feira, 23 de março de 2012

Lição 13: O nosso Salvador Jesus voltará


PRIMÁRIOS
Estamos encerrando mais um trimestre, hoje deve ser um dia de festa com as crianças. Encerre a campanha de prêmios e já vá pensando no incentivo do próximo trimestre.

Texto Bíblico: João 21:1-17
Depois disto manifestou-se Jesus outra vez aos discípulos junto do mar de Tiberíades; e manifestou-se assim:
Estavam juntos Simão Pedro, e Tomé, chamado Dídimo, e Natanael, que era de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu, e outros dois dos seus discípulos.
Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Dizem-lhe eles: Também nós vamos contigo. Foram, e subiram logo para o barco, e naquela noite nada apanharam.
E, sendo já manhã, Jesus se apresentou na praia, mas os discípulos não conheceram que era Jesus.
Disse-lhes, pois, Jesus: Filhos, tendes alguma coisa de comer? Responderam-lhe: Não.
E ele lhes disse: Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes.
Então aquele discípulo, a quem Jesus amava, disse a Pedro: É o Senhor. E, quando Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica (porque estava nu) e lançou-se ao mar.
E os outros discípulos foram com o barco (porque não estavam distantes da terra senão quase duzentos côvados), levando a rede cheia de peixes.
Logo que desceram para terra, viram ali brasas, e um peixe posto em cima, e pão.
Disse-lhes Jesus: Trazei dos peixes que agora apanhastes.
Simão Pedro subiu e puxou a rede para terra, cheia de cento e cinqüenta e três grandes peixes e, sendo tantos, não se rompeu a rede.
Disse-lhes Jesus: Vinde, comei. E nenhum dos discípulos ousava perguntar-lhe: Quem és tu? sabendo que era o Senhor.
Chegou, pois, Jesus, e tomou o pão, e deu-lhes e, semelhantemente o peixe.
E já era a terceira vez que Jesus se manifestava aos seus discípulos, depois de ter ressuscitado dentre os mortos.
E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.
Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.
Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. 

Atos 1:6-11
Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?
E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.
Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.
E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.
E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco.
Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir. 
 
Versículo para memorizar: "E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também."
João 14:3





Frase do dia: Jesus voltará para me buscar.

Lembrancinhas:
Sugestão de atividade:

Boa aula e um excelente fim de semana!!!
Em breve estarei postando uma nova campanha de premiação para ser usada no próximo trimestre.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Fantoches para o dia das mães



Dia das Mães

Zezé : Bom dia ! Como vão vocês ?  Ih! A Emília chegou tarde, porque será hein. Vou esperar um pouco...
Emília (Chegando) : Oi, gente ? Tudo legal ?
Zezé : Emília, que demora é esta ? Você não sabia que nós estávamos esperando por você ?
Emília : Ah Zezé, é que hoje é o dia das mães, e eu estava homenageando minha mãezinha !
Zezé : Ah, é mesmo ! Ei crianças, vocês já homenagearam suas mães hoje ?
Emília : Vocês deram um beijo e um abraço nela ?
Zezé e Emília (Juntos) : Ela merece, Ela merece !
Zezé : A Bíblia ensina que devemos respeitar e amar nossos pais, pois assim viveremos muitos anos !
Emília : Zezé, quer dizer que eu não devo gostar da minha mãe só quando sou pequena ?
Zezé : Não ! Quando você crescer, Emília, e estiver adulta e com filhos, ainda assim deverá amar seu pai e sua mãe !
Emília : Ah! Quer dizer que nossa vovó também deve ser respeitada ?
Zezé : Sim! As pessoas idosas, os “velhinhos”, também merecem o nosso respeito, e não só no dia das mães!
Emília : Tem criança que acha que deve obedecerá mamãe só nos dias das mães!
Zezé : Devemos respeitar e obedecer nossa mãe todos os dias do ano, e não só uma vez por ano !
Emília : O mais importante não é o presente que damos à nossa mãe, mas o respeito e o carinho que dedicamos a ela !
Zezé : Parabéns à todas as mães !
Zezé e Emília : Tchau !


Meu conselho e aviso:
Quando trabalhamos com marionetes para evangelismo infantil, o enfoque não deve ser a diversão, mas sim a transmissão do conhecimento religioso através das histórias bíblicas ou histórias de fundo moral.
Nunca a diversão pura e simples.
É mais um instrumento de ensino que pode e deve, quando possível, ser bem utilizado para o fim de evangelismo e que pode tocar o coração de crianças que, de outro modo não seriam atingidas.


Fonte:http://www.historiasbiblicas.advir.com

Jogral : Mãe, a mulher imortal.



JOGRAL
MÃE, A MULHER IMORTAL
........(6 participantes)
1-2-3

A mulher se integrou completamente
5-6

em todas as funções da vida moderna:
4

é cientista, astronauta, e é docente.
Todos – Lidares tantos que ninguém reprova!



1

Sendo estadista ou como tenente,
2

ela passa em todas as provas!
3

Em tudo se mostra eficiente,
Todos – e assim o seu valor comprova!



2-4

Mas não é esse o seu troféu mais lindo,
5

é no lar, sorrindo, ou entre lágrimas,
6

que a mulher se mostra sem rival!
3

Na prática do amor, com singeleza,
1-3-5

ela, sem mal, alcança o destaque da nobreza:
Todos – Torna-se MÃE, a mulher imortal!

Hino e mensagem para o dia das Mães


terça-feira, 20 de março de 2012

Jesus Vive


Havia um homem chamado José, membro do Conselho, homem bom e justo,
que não tinha consentido na decisão e no procedimento dos outros. Ele era da cidade de Arimatéia, na Judéia, e esperava o Reino de Deus.
Dirigindo-se a Pilatos, pediu o corpo de Jesus.
Então, desceu-o, envolveu-o num lençol de linho e o colocou num sepulcro cavado na rocha, no qual ninguém ainda fora colocado.
Era o Dia da Preparação, e estava para começar o sábado.
As mulheres que haviam acompanhado Jesus desde a Galiléia, seguiram José e viram o sepulcro, e como o corpo de Jesus fora colocado nele.
Então, foram para casa e prepararam perfumes e especiarias aromáticas. E descansaram no sábado, em obediência ao mandamento. 
(Lucas 23:50-56)
No primeiro dia da semana, de manhã bem cedo, as mulheres tomaram as especiarias aromáticas que haviam preparado e foram ao sepulcro.
Encontraram removida a pedra do sepulcro,
mas, quando entraram, não encontraram o corpo do Senhor Jesus.
Ficaram perplexas, sem saber o que fazer. De repente dois homens com roupas que brilhavam como a luz do sol colocaram-se ao lado delas.
Amedrontadas, as mulheres baixaram o rosto para o chão, e os homens lhes disseram: "Por que vocês estão procurando entre os mortos aquele que vive?
Ele não está aqui! Ressuscitou! Lembrem-se do que ele lhes disse, quando ainda estava com vocês na Galiléia:
‘É necessário que o Filho do homem seja entregue nas mãos de homens pecadores, seja crucificado e ressuscite no terceiro dia’ ".
Então se lembraram das suas palavras.
Quando voltaram do sepulcro, elas contaram todas estas coisas aos Onze e a todos os outros.
As que contaram estas coisas aos apóstolos foram Maria Madalena, Joana e Maria, mãe de Tiago, e as outras que estavam com elas.
Mas eles não acreditaram nas mulheres; as palavras delas lhes pareciam loucura.
Pedro, todavia, levantou-se e correu ao sepulcro. Abaixando-se, viu as faixas de linho e mais nada; afastou-se, e voltou admirado com o que acontecera.
Naquele mesmo dia, dois deles estavam indo para um povoado chamado Emaús, a onze quilômetros de Jerusalém.
No caminho, conversavam a respeito de tudo o que havia acontecido.
Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles;
mas os olhos deles foram impedidos de reconhecê-lo.
Ele lhes perguntou: "Sobre o que vocês estão discutindo enquanto caminham? " Eles pararam, com os rostos entristecidos.
Um deles, chamado Cleopas, perguntou-lhe: "Você é o único visitante em Jerusalém que não sabe das coisas que ali aconteceram nestes dias? "
"Que coisas? ", perguntou ele. "O que aconteceu com Jesus de Nazaré", responderam eles. "Ele era um profeta, poderoso em palavras e em obras diante de Deus e de todo o povo.
Os chefes dos sacerdotes e as nossas autoridades o entregaram para ser condenado à morte, e o crucificaram;
e nós esperávamos que era ele que ia trazer a redenção a Israel. E hoje é o terceiro dia desde que tudo isso aconteceu.
Algumas das mulheres entre nós nos deram um susto hoje. Foram de manhã bem cedo ao sepulcro
e não acharam o corpo dele. Voltaram e nos contaram que tinham tido uma visão de anjos, que disseram que ele está vivo.
Alguns dos nossos companheiros foram ao sepulcro e encontraram tudo exatamente como as mulheres tinham dito, mas não o viram".
Ele lhes disse: "Como vocês custam a entender e como demoram a crer em tudo o que os profetas falaram!
Não devia o Cristo sofrer estas coisas, para entrar na sua glória? "
E começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que constava a respeito dele em todas as Escrituras.
Ao se aproximarem do povoado para o qual estavam indo, Jesus fez como quem ia mais adiante.
Mas eles insistiram muito com ele: "Fique conosco, pois a noite já vem; o dia já está quase findando". Então, ele entrou para ficar com eles.
Quando estava à mesa com eles, tomou o pão, deu graças, partiu-o e o deu a eles.
Então os olhos deles foram abertos e o reconheceram, e ele desapareceu da vista deles.
Perguntaram-se um ao outro: "Não estavam ardendo os nossos corações dentro de nós, enquanto ele nos falava no caminho e nos expunha as Escrituras? "
Levantaram-se e voltaram imediatamente para Jesuralém. Ali encontraram os Onze e os que estavam com eles reunidos,
que diziam: "É verdade! O Senhor ressuscitou e apareceu a Simão! "
Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como Jesus fora reconhecido por eles quando partia o pão.
Enquanto falavam sobre isso, o próprio Jesus apresentou-se entre eles e lhes disse: "Paz seja com vocês! "
Eles ficaram assustados e com medo, pensando que estavam vendo um espírito.
Ele lhes disse: "Por que vocês estão perturbados e por que se levantam dúvidas em seus corações?
Vejam as minhas mãos e os meus pés. Sou eu mesmo! Toquem-me e vejam; um espírito não tem carne nem ossos, como vocês estão vendo que eu tenho".
Tendo dito isso, mostrou-lhes as mãos e os pés.
E por não crerem ainda, tão cheios estavam de alegria e de espanto, ele lhes perguntou: "Vocês têm aqui algo para comer? "
Deram-lhe um pedaço de peixe assado,
e ele o comeu na presença deles.
E disse-lhes: "Foi isso que eu lhes falei enquanto ainda estava com vocês: Era necessário que se cumprisse tudo o que a meu respeito estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos".
Então lhes abriu o entendimento, para que pudessem compreender as Escrituras.
E lhes disse: "Está escrito que o Cristo haveria de sofrer e ressuscitar dos mortos no terceiro dia,
e que em seu nome seria pregado o arrependimento para perdão de pecados a todas as nações, começando por Jerusalém.
Vocês são testemunhas destas coisas.
Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto".
Tendo-os levado até as proximidades de Betânia, Jesus levantou as mãos e os abençoou.
Estando ainda a abençoá-los, ele os deixou e foi elevado ao céu.
Então eles o adoraram e voltaram para Jerusalém com grande alegria.
E permaneciam constantemente no templo, louvando a Deus.
(Lucas 24: 1-53)






Jesus: Julgamento e Cruz


Então toda a assembléia levantou-se e o levou a Pilatos.
E começaram a acusá-lo, dizendo: "Encontramos este homem subvertendo a nossa nação. Ele proíbe o pagamento de imposto a César e se declara ele próprio o Cristo, um rei".
Pilatos perguntou a Jesus: "Você é o rei dos judeus? " "Tu o dizes", respondeu Jesus.
Então Pilatos disse aos chefes dos sacerdotes e à multidão: "Não encontro motivo para acusar este homem".
Mas eles insistiam: "Ele está subvertendo o povo em toda a Judéia com os seus ensinamentos. Começou na Galiléia e chegou até aqui".
Ouvindo isso, Pilatos perguntou se Jesus era galileu.
Quando ficou sabendo que ele era da jurisdição de Herodes, enviou-o a Herodes, que também estava em Jerusalém naqueles dias.
Quando Herodes viu Jesus, ficou muito alegre, porque havia muito tempo queria vê-lo. Pelo que ouvira falar dele, esperava vê-lo realizar algum milagre.
Interrogou-o com muitas perguntas, mas Jesus não lhe deu resposta.
Os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei estavam ali, acusando-o com veemência.
Então Herodes e os seus soldados ridicularizaram-no e zombaram dele. Vestindo-o com um manto esplêndido, mandaram-no de volta a Pilatos.
Herodes e Pilatos, que até ali eram inimigos, naquele dia tornaram-se amigos.
Pilatos reuniu os chefes dos sacerdotes, as autoridades e o povo,
dizendo-lhes: "Vocês me trouxeram este homem como alguém que estava incitando o povo à rebelião. Eu o examinei na presença de vocês e não achei nenhuma base para as acusações que fazem contra ele.
Nem Herodes, pois ele o mandou de volta para nós. Como podem ver, ele nada fez que mereça a morte.
Portanto, eu o castigarei e depois o soltarei.
Ele era obrigado a soltar-lhes um preso durante a festa".
A uma só voz eles gritaram: "Acaba com ele! Solta-nos Barrabás! "
( Barrabás havia sido lançado na prisão por causa de uma insurreição na cidade e por assassinato. )
Desejando soltar a Jesus, Pilatos dirigiu-se a eles novamente.
Mas eles continuaram gritando: "Crucifica-o! Crucifica-o! "
Pela terceira vez ele lhes falou: "Por quê? Que crime este homem cometeu? Não encontrei nele nada digno de morte. Vou mandar castigá-lo e depois o soltarei".
Eles, porém, pediam insistentemente, com fortes gritos, que ele fosse crucificado; e a gritaria prevaleceu.
Então Pilatos decidiu fazer a vontade deles.
Libertou o homem que havia sido lançado na prisão por insurreição e assassinato, aquele que eles haviam pedido, e entregou Jesus à vontade deles.
Enquanto o levavam, agarraram Simão de Cirene, que estava chegando do campo, e lhe colocaram a cruz às costas, fazendo-o carregá-la atrás de Jesus.
Um grande número de pessoas o seguia, inclusive mulheres que lamentavam e choravam por ele.
Jesus voltou-se e disse-lhes: "Filhas de Jerusalém, não chorem por mim; chorem por vocês mesmas e por seus filhos!
Pois chegará a hora em que vocês dirão: ‘Felizes as estéreis, os ventres que nunca geraram e os seios que nunca amamentaram! ’
"Então dirão às montanhas: ‘Caiam sobre nós! ’ e às colinas: ‘Cubram-nos! ’
Pois, se fazem isto com a árvore verde, o que acontecerá quando ela estiver seca? "
Dois outros homens, ambos criminosos, também foram levados com ele, para serem executados.
Quando chegaram ao lugar chamado Caveira, ali o crucificaram com os criminosos, um à sua direita e o outro à sua esquerda.
Jesus disse: "Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo". Então eles dividiram as roupas dele, tirando sortes.
O povo ficou observando, e as autoridades o ridicularizavam. "Salvou os outros", diziam; "salve-se a si mesmo, se é o Cristo de Deus, o Escolhido".
Os soldados, aproximando-se, também zombavam dele. Oferecendo-lhe vinagre,
diziam: "Se você é o rei dos judeus, salve-se a si mesmo".
Havia uma inscrição acima dele, que dizia: ESTE É O REI DOS JUDEUS.
Um dos criminosos que ali estavam dependurados lançava-lhe insultos: "Você não é o Cristo? Salve-se a si mesmo e a nós! "
Mas o outro criminoso o repreendeu, dizendo: "Você não teme a Deus, nem estando sob a mesma sentença?
Nós estamos sendo punidos com justiça, porque estamos recebendo o que os nossos atos merecem. Mas este homem não cometeu nenhum mal".
Então ele disse: "Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino".
Jesus lhe respondeu: "Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso".
Já era quase meio dia, e trevas cobriram toda a terra até às três horas da tarde;
o sol deixara de brilhar. E o véu do santuário rasgou-se ao meio.
Jesus bradou em alta voz: "Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito". Tendo dito isso, expirou.
O centurião, vendo o que havia acontecido, louvou a Deus, dizendo: "Certamente este homem era justo".
E todo o povo que se havia juntado para presenciar o que estava acontecendo, ao ver isso, começou a bater no peito e a afastar-se.
Mas todos os que o conheciam, inclusive as mulheres que o haviam seguido desde a Galiléia, ficaram de longe, observando essas coisas. 
Lucas 23:1-49 







 

Total de visualizações de página

Related Posts with Thumbnails

Pequeninos de Jesus Copyright © 2009 Flower Garden is Designed by Ipietoon for Blogger Template Gallery Flower Image by Dapino