SEJA BEM VINDO!

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Ministério Infantil - Parte 4



4o A Aula

Pré-Aula:

Este momento eu considero o mais importante, pois é aqui que saberemos se nossa aula será boa ou ruim. É neste momento que nossa aula toma forma.

Segue alguns passos para que uma boa aula seja elaborada.

Estude Pense Ore Trabalhe

Estude:

Você tem o material em mãos e também a responsabilidade de ensinar, assim estudar deve ser uma rotina, pois só conhecendo bem o conteúdo de sua aula você o pode ensinar de forma convincente.

Pense:

Somente ler o conhecer o conteúdo do material não basta é preciso refletir sobre seu conteúdo, e suas possibilidades, até corrigir algo que seja abordado de maneira errônea pelo material utilizado.

Ore:

Não podemos nos esquecer estamos cumprindo nosso ministério que foi dado por Deus, então devemos pedir a ele orientação e sabedoria para que as pequenas vidas que estaram em nossas mão sejam plenamente edificadas.

Trabalhe:

Após estudar, pensar, e orar comece a elaborar sua aula conforme a sugestão do material e conforme a maneira de ensinar que você criou para aquele determinado assunto.

Seguindo estes simples passos você conseguirá material suficiente para elabora um boa aula.

Trabalhos extras:

Pique-niques, concursos, teatros e apresentações, filmes, sempre incrementam a aula e ajudam a fixar o conteúdo proposto. Além disso essa atividades diferencias ajudam o aluno a estar mais motivado.

Aula:

A aula é a conseqüência de uma trabalho bem feito anteriormente, mesmo assim temos que observarmos algumas coisas durante as aulas.

Um objetivo Central:

Geralmente as revista trazem um objetivo central. É preciso defini-lo para que as aulas caminhem em um mesmo sentido. Desta forma ao final de um período podemos esperar que uma determinada quantidade de conhecimento sejam assimiladas pelas crianças

Qual é a necessidade das crianças?

As crianças têm uma serie de necessidades, resta a nós professores realizarmos uma avaliação cuidadosa para sabermos qual é a principal delas, e então utilizar-se das aulas para supri-las. Isso é importante durante a aula, pois as crianças mudam de humor e disposição dependendo do dia, assim certos tipos de atividades não devem ser realizadas ou realizadas de outra maneira.

Fale do tema pontualmente a aula toda:

Nossas aulas tem um tema, um objetivo a ser alcançado, ajuda muito repetir e fazer com que as crianças repitam durante a aula aquilo que desejamos fixar.

Seja claro e dinâmico:

As crianças não trabalham com o abstrato, então devemos falar de uma maneira que elas possam entender. Sejamos também dinâmico para que elas prestem atenção na mensagem que é ensinada.

Nunca subestime as crianças:

Não subestimemos a capacidade cognitiva e motora das crianças elas podem muito mais do que você imagina.

Traga-as ao seu convívio:

As crianças devem se sentir como suas amigas e você deve trata-los como tal.

Firmeza e Amor:

Como professores cristãos o amor deve reger nossas atitudes, no entanto é preciso fugir de um vicio de muitos dos nossos alunos de EBD: “Agir com amor não é necessariamente ser Papai Noel o tempo todo”. A maioria dos alunos tem a mentalidade de que o professor que ama é aquele que trata com carinho exagerado, que não “dá bronca”, que brinca etc. Talvez porque nós professores muitas vezes deixamos que esta mentalidade crescesse e se desenvolve-se, quando somos duros demais o tempo todo ou carinhosos demais o tempo todo o correto e unir Amor e Firmeza. Tratar com carinho e ser duro quando for necessário vai criando uma nova mentalidade no aluno ele vai saber que nós professores o amamos, mas que ele também deve nos respeitar.

Pós-Aula:

O trabalho com ministério infantil não acaba quando a aula acaba, após a aula é preciso manter um acompanhamento do aluno durante a semana.

Abaixo segue alguns passos que podem nos ajudar:

Manter dialogo com os Pais:

Os pais agora têm papel muito importante, pois eles passam mais tempo com as crianças do que nós professores, por este motivo é muito importante que o professor mantenha um bom dialogo com os pais dos alunos para que estes durante a semana possam continuar o trabalho que você iniciou.

O dialogo com os pais não visa somente as continuidade do ensino visa também resolver problemas de comportamento do próprio filho. O dialogo aberto com os pais sobre o comportamento do filho em sala de aula pode evitar transtornos para o nós professores durante a aula.

Quanto ao comportamento existem casos extremos que nós professores não podemos resolver neste caso o Pastor deve ser informado e com sua ajuda o problema deve ser tratado.

Visitar famílias dos alunos:

Visitar o alunos é de grande valia para conquista-los principalmente aqueles que não gostam muito do professor e aqueles que são influentes dentro de um grupo de crianças.

A visita aos alunos também ajuda a conhecer seu cotidiano de vida o que pode elucidar muitas atitudes que ele toma em sala de aula.

Conhecendo o cotidiano de vida dos alunos poderemos tomar posturas em sala que venham a ser mais eficazes, pois conhecemos mais a fundo como a criança é.

1 comentários:

Alexandra Weyn on 13 de março de 2017 17:24 disse...

E uma benção esse blog, eu ameiii, Deus abençõe sua vida e seu ministério tia, pela dedicação a obra de Deus

Postar um comentário

 

Total de visualizações de página

Related Posts with Thumbnails

Pequeninos de Jesus Copyright © 2009 Flower Garden is Designed by Ipietoon for Blogger Template Gallery Flower Image by Dapino