SEJA BEM VINDO!

sábado, 27 de novembro de 2010

Dia da Bíblia 12 de Dezembro de 2010



Como celebrar o dia da Bíblia

O Dia da Bíblia é dedicado à realização de eventos e pode ser comemorado tanto no segundo domingo de dezembro quanto ao longo de toda a semana que antecede a data. As atividades programadas são variadas e vão desde cultos até maratonas de leitura bíblica que mobilizam milhares de pessoas. Conheça a seguir como a Semana da Bíblia é comemorada.

:: Cultos – As igrejas planejam e realizam cultos especiais no Dia da Bíblia. Nestes cultos é lembrado o grande amor de Deus ao entregar a sua Palavra aos homens e o valor dessa Palavra na vida das pessoas. Em geral, nesses cultos são recolhidas ofertas especiais para ajudar na distribuição da Bíblia no Brasil e no mundo.

:: Carreatas – Muitas igrejas organizam desfiles de carros pelas principais ruas da cidade, ostentando faixas com versículos bíblicos. Carros alegóricos, com representações de Bíblias, normalmente fazem parte da carreata.

:: Concentrações – Igrejas de muitas cidades organizam concentrações públicas para celebrar o Dia da Bíblia. Estas concentrações ocorrem em praças, ginásios esportivos, estádios e outros lugares de fácil acesso ao público. Um culto público com pregação da palavra, orações e apresentação de corais e conjuntos musicais, normalmente é o clímax da celebração. Bíblias, Novos Testamento, Porções Bíblicas e Seleções Bíblicas são distribuídas nas concentrações.

:: Maratona - As igrejas organizam maratonas de leitura bíblica em seus templos ou em lugares públicos. Essas maratonas seguem dois modelos. No primeiro os textos são selecionados e lidos publicamente, normalmente em lugares com grande fluxo de pessoas. No segundo caso, é feita a leitura ininterrupta de todo o texto bíblico. Pessoas são escaladas para darem continuidade à leitura e ela só é interrompida quando se completa a leitura de toda a Bíblia. Normalmente esta leitura leva mais de um dia para ser concluída e implica em uma vigília.

:: Monumentos – Já vem de décadas o costume de levantar monumentos à Bíblia em praças públicas das cidades. O monumento à Bíblia é um testemunho público da importância da Bíblia para as pessoas e para a sociedade e, ao mesmo tempo, um marco da importância da Bíblia para a cultura do povo.

:: Distribuição – Existem igrejas que no Dia da Bíblia efetuam uma distribuição maciça de folhetos (Seleções Bíblicas), para que o povo conheça o valor da Bíblia em suas vidas. Também são feitas distribuições de Bíblias, Novos Testamentos e porções bíblicas. A distribuição de Bíblias, em geral, é feita em escolas, hospitais, empresas, quartéis ou outros tipos de organização.

:: Pedalando por Bíblias – Em vários países são organizados passeios ciclísticos para divulgar a Bíblia e arrecadar fundos em favor da causa da Bíblia. No Brasil esses passeios começaram a ser realizados no ano de 1998 e são chamados de "Pedalando por Bíblias". Igrejas e entidades cristãs tomam a iniciativa de organizar o passeio. Cada participante, ao se inscrever, doa uma ou várias Bíblias para serem distribuídas a pessoas ou entidades necessitadas. Fazendo sucesso por onde passa, a iniciativa surgiu em 1984, na Austrália, com o ciclista Bob Forrest. Nesta ocasião, ele percorreu os 900km que separam Sidney e Melbourne, na companhia de seu filho e de um amigo. Para cumprir esse percurso, o australiano conseguiu patrocinadores e destinou os recursos obtidos a projetos de distribuição de Bíblias. Replicado em mais de 20 países, como Alemanha, Argentina, Hong Kong, Namíbia, Sri Lanka e Suíça, o projeto foi adotado no Brasil em um formato que mobiliza milhares de pessoas em torno da divulgação da Bíblia Sagrada.

:: Jograis - Dentro da programação muitas vezes são incluídos jograis com temas bíblicos que podem ser realizados com a participação de várias pessoas. Abaixo, disponinilizamos para você os dois modelos:

A. Primeiro Jogral da Bíblia Sagrada - de Waldir J. Silva

Recomendações:
:: Pode ser realizado com 6 pessoas ou 6 pares; com 12 pessoas ou 12 pares.
:: Todos devem estar com as Bíblias na mão, levantando-as e fazendo gestos ao falarem.

1: Bíblia Sagrada é o Livro...
2: Que contém a verdade dos céus.
3: Profetas e Apóstolos a escreveram...
4: Com suas penas, mas inspirados por Deus.
5: É uma espada de dois gumes...
6: Que corta o mal ao pecador...
7: E é um mapa detalhado...
8: Que certo guia o viajor.
9: É uma lâmpada brilhante...
10: Que alumia o caminho do cristão.
11: Em suas páginas escrito...
12: Está o necessário para dar ao mundo salvação.

Todos: BÍBLIA SANTA DO SENHOR.

1: Bíblia Sagrada é o Livro...
2: Inimitável pelo mais sábio escritor.
3: Somente a compreendem e a obedecem...
4: Sábios e leigos, mas de Cristo um seguidor.
5: Tem o conselho pronto e certo...
6: Aos que a desejam consultar...
7: E tem a justa punição...
8: Aos que a verdade desprezar.
9: Tem o alento para o crente...
10: O caminho do perdão ao pecador.
11: Sessenta e seis livros inspirados...
12: Em um só livro Bíblia Santa do Senhor.

Todos: BÍBLIA SANTA DO SENHOR.

B. Segundo Jogral da Bíblia Sagrada - de Waldir J. Silva

Recomendações:
:: Pode ser realizado com 13 pessoas ou 13 pares.
:: Todos devem estar com Bíblias na mão, levantando-as e fazendo gestos ao falarem.

B: Eu sou o “B” da Bíblia Sagrada
Í: Eu sou o “I” do ide por todo o mundo, pregai o Evangelho.
B: Eu sou o "B" do Brasil gigante e forte do Chuí ao Oiapoque.
L: Eu sou o "L" de levai as boas novas de Jesus ao povo.
I: Eu sou o "I" de irmãos unidos levando a Bíblia ao mundo.
A: Eu sou o "A" de avançar sem recuar e a Bíblia levar.

S: Eu sou o "S" de Santidade.
A: Eu sou o "A" de Alegria.
G: Eu sou o "G" de Grandeza.
R: Eu sou o "R" de Resposta.
A: Eu sou o "A" de Arrependimento.
D: Eu sou o "D" de Divindade.
A: Eu sou o "A" de Amor.

Todos: BÍBLIA SAGRADA

lição 09: Igreja Perseguida!


MATERIAL DE APOIO A CLASSE DE PRÉ-ADOLESCENTES NA EBD.
Texto Bíblico: Mateus 5:11-12

11 —Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e dizem todo tipo de calúnia contra vocês por serem meus seguidores.

12 Fiquem alegres e felizes, pois uma grande recompensa está guardada no céu para vocês. Porque foi assim mesmo que perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.

Atos 8:1-3.

E Saulo aprovou a morte de Estêvão.

2 Alguns homens religiosos sepultaram Estêvão e choraram muito por causa da sua morte.

3 Porém Saulo se esforçava para acabar com a igreja. Ele ia de casa em casa, arrastava homens e mulheres e os jogava na cadeia.

Atos 9:1-2.

1 Enquanto isso, Saulo não parava de ameaçar de morte os seguidores do Senhor Jesus. Ele foi falar com o Grande Sacerdote

2 e pediu cartas de apresentação para as sinagogas da cidade de Damasco. Com esses documentos Saulo poderia prender e levar para Jerusalém os seguidores do Caminho do Senhor que moravam ali, tanto os homens como as mulheres.

Objetivos:
  • Reconhecer que a expansão da igreja aconteceu devido a perseguição.
  • Identificar que a perseguição continua em nosso dias.
Versículo visualizado:

Palavra do dia:
lembrancinhas:

Devemos nos esforçar para levarmos o Evangelho a toda criatura...



Texto Bíblico: Mateus 5.11-12; Atos 8.1,3; Atos 9.1,2

Paulo era muito zeloso. Ele era um homem apaixonado pela obra de Deus, que mergulhava em tudo o que fazia. Antes de encontrar a Cristo no caminho para Damasco, Paulo (então conhecido como Saulo) perseguiu zelosamente os cristãos. Depois de sua conversão, vislumbramos em Filipenses 3 o desejo ardente de Paulo para conhecer a Cristo mais intimamente. Por todo o livro de Atos, vemos o compromisso intenso de Paulo para levar o Evangelho ao mundo. Nas cartas de Paulo testemunhamos o esforço dele para ver os crentes crescendo em “toda a plenitude de Deus”.

O que capacitou Paulo a manter tal fervor espiritual? Ele havia sido capturado pelo amor de Cristo. Jesus era real para ele. Cristo salvou-o e deu-lhe uma missão. A vida de Paulo estava consumida pelo amor de Jesus.

Nós também fomos capturados pelo amor de Cristo. Por este motivo devemos nos esforçar para levarmos o Evangelho a toda criatura.


Boa ideia

Realize, juntamente com os alunos, uma pequena “Feira ou Festa Missionária”. Se a sua classe tiver um bom número de alunos divida-a em três grupos e escolham três países para cada grupo pesquisar sobre a cultura e religião. Deverá haver nesta feira comidas típicas (aproximar-se o máximo possível), informações dos países (cartazes, vídeos) e um panorama da religião predominante no país. Enfoque o tema principl, a perseguição. Aproveite e leve os alunos a uma conscientização de orarmos mais pelos povos que não podem professar a sua fé em Cristo Jesus.


Você pode:
- fazer download desta lição* - 35kb




Fonte: CPAD
Boa aula!!!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Lição 09: Aprendendo a ser amigo.


MATERIAL DE APOIO PARA A CLASSE DE JARDIM DE INFÂNCIA DA EBD.
Texto bíblico: 1 Samuel 18:1-5;

1 Saul e Davi terminaram a sua conversa. Jônatas, filho de Saul, começou a sentir uma profunda amizade por Davi e veio a amá-lo como a si mesmo.

2 Daquele dia em diante Saul levou Davi para a sua casa e não deixou que voltasse para a casa do seu pai.

3 Jônatas e Davi fizeram um juramento de amizade, pois Jônatas tinha grande amor por Davi.

4 Ele tirou a capa que estava usando e a deu a Davi. Deu também a sua túnica militar, a espada, o arco e o cinto.

5 Davi saiu-se bem em todos os lugares aonde Saul o enviou. Então Saul o promoveu a comandante do seu exército. E isso agradou a todo o exército, inclusive aos outros oficiais.

1 Samuel 19:1-6.

1 Saul contou ao seu filho Jônatas e a todos os seus oficiais que ele planejava matar Davi. Mas Jônatas era muito amigo de Davi

2 e por isso lhe disse: —O meu pai está planejando matar você. Amanhã cedo, tenha cuidado. Esconda-se em algum lugar secreto e fique lá.

3 Eu vou esperar pelo meu pai no campo em que você estiver escondido e vou falar com ele a seu respeito. Se descobrir alguma coisa, eu aviso você.

4 Então Jônatas elogiou Davi para Saul e disse: —Meu pai, não faça nenhum mal ao seu servidor Davi, pois ele nunca lhe fez nenhum mal. Pelo contrário, tudo o que ele tem feito tem ajudado bastante o senhor.

5 Ele arriscou a própria vida quando matou Golias, e por meio dele o SENHOR Deus conquistou uma grande vitória para Israel. O senhor mesmo viu isso e ficou contente. Então, por que o senhor, meu pai, faria mal a um homem inocente, matando Davi sem nenhuma r

6 Saul atendeu o pedido de Jônatas e jurou em nome do SENHOR, o Deus vivo, que Davi não seria morto.

Objetivo: Que a criança aprenda a valorizar os amigos como presentes de Deus.
Versículo visualizado:
Palavra do dia:
Lembrancinhas:
BOA AULA!!!!

Visuais para a História: "O nascimento de Jesus"


Visuais para montar uma maquete: Visuais em cartazes:





Os Visuais abaixo vc pode usar em flanelógrafo, palitos de churrasco para espetar uma maquete feita em isopor ou palitos de picolé para usar em casinha de fantoches.













Atividade:

Lição 10:Louve a Deus!


MATERIAL DE APOIO A CLASSE DO MATERNAL NA EBD.
Texto Bíblico: Lucas 17:11-19.

11 Jesus continuava viajando para Jerusalém e passou entre as regiões da Samaria e da Galiléia.

12 Quando estava entrando num povoado, dez leprosos foram se encontrar com ele. Eles pararam de longe

13 e gritaram: —Jesus, Mestre, tenha pena de nós!

14 Jesus os viu e disse: —Vão e peçam aos sacerdotes que examinem vocês. Quando iam pelo caminho, eles foram curados.

15 E, quando um deles, que era samaritano, viu que estava curado, voltou louvando a Deus em voz alta.

16 Ajoelhou-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu.

17 Jesus disse: —Os homens que foram curados eram dez. Onde estão os outros nove?

18 Por que somente este estrangeiro voltou para louvar a Deus?

19 E Jesus disse a ele: —Levante-se e vá. Você está curado porque teve fé.

Objetivo: Que a criança aprenda a expressar gratidão a Deus por meio do louvor.

Versículo visualizado:
Palavra do dia:
Lembrancinhas:
Atividade:
BOA AULA E UM BOM FIM DE SEMANA!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Era uma vez o Natal


Peça para ser apresentada na noite de Natal.

Personagens:

NARRADOR(A)- Moça, rapaz ou Criança com túnica comprida, de cor viva, e manto de cor diferente nos ombros. Lerá um rolo, como pergaminho.

ANJO – Moça ou criança vestida de branco acetinada (túnica) e com uma tira feita de cartilina e laminado, contornando a cabeça.

PAZ - Moça vestida de branco, cabelos soltos, uma flor branca nos cabelos e em uma das mãos.

REI MAGO – Rapaz ou criança usando comprida túnica amarelo-vivo. Coroa feita me cartolina e laminado. Manto vermelho, com colagens de laminado nos ombros.

PASTOR – Criança ou rapaz usando túnica comprida, de tecido surrado; manto de estopa nos ombros cajado.

POBRE – Mulher pobremente vestida, à moda antiga ou atual. Cabelos em desalinho.

MOÇA CRISTÃ – Usando túnica de cor azul-claro, manto de outra cor suave.

NATUREZA – Adolescente vestida de túnica verde. Faixas de diversas cores amarradas à cintura. Flores diversas nos cabelos.

SÁBIO – Rapaz com túnica de cor muito viva. Cordinha amarrada à cintura. Trará nas mãos uma luneta feita de cartolina e as lentes em papel transparente.

Acessórios – Sandálias de tiras para o rei mago, as demais personagens deverão estar descalças.

Cenário – Uma estrela feita em material brilhante, acima do lugar onde deverá estar uma manjedoura vazia.

Apresentação:

TODOS – (De mãos dadas) Nós estamos aqui para contar uma bela história. A mais bonita de todos os tempos. (Sorrindo) Era uma vez o Natal!

Música: Noite feliz.

NARRADOR – (destaca-se e lê o pergaminho) Ora havia naquela comarca, pastores que estavam no campo e guardavam, durante a vigília da noite, os seus rebanhos. E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles e a gloria do Senhor os cercou de grande resplendor, e eles tiveram grande temor e o anjo lhe disse:

ANJO – (com o braço estendido para o alto) “Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo, pois na cidade de Davi vos nasceu hoje o Salvador que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: achareis o menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.”

TODOS – “Glória a Deus nas alturas e paz na terra, boa vontade para com os homens!”

Música: Surgem anjos (Glória)

NARRADOR – “E depois que os anjos se ausentaram para o céu, os pastores disseram uns para os outros: Vamos, pois, a Belém e vejamos isso que o Senhor nos fez saber. E foram apressadamente e acharam Maria, José e o menino deitado numa manjedoura. E depois que o viram, divulgaram a palavra que acerca dele lhes fora dita”

PASTOR – (Chegando bem perto da manjedoura) Sou um dos pastores a quem o anjo avisou, lá no campo, do seu nascimento. O nosso coração encheu-se de temor, mas também de uma imensa alegria! Tu és o esperado de todas as nações. O Conselheiro, Deus forte, Pai da Eternidade e o Príncipe da Paz! Deus seja louvado por Tua presença entre nós. (Ajoelha-se junto à manjedoura e permanece estático).

MÚSICA: Venham louvar

REI MAGO – Sou um rei, vindo do oriente e represento todos os reis da terra! É pena que virão dias em que reis não O procurarão mais, sempre ocupados que estão com os tesouros da terra, que a traça e a ferrugem corroem. Eles estarão esquecidos do eles estarão esquecidos do grande tesouro espiritual que devemos acumular no Céu, preocupados com suas riquezas, desconhecerão que ser um seguidor da estrela do oriente é a decisão mais acertada na vida de qualquer pessoa. Glorificado sejas para sempre, Rei dos reis, Senhor dos senhores! (Ajoelha-se e permanece.)

NATUREZA - Estou muito feliz, Senhor Jesus, por participar também do teu Natal! Eu represento a natureza. Trago comigo, em tua homenagem, os mais dourados pores-do-sol e as mais lindas noites. Tu és muito mais bonito do que todas as estrelas que brilham no céu’; e a tua voz mais doce que o canto suave das ondas na praia. Ofereço-te o verde perfumado de todas as árvores e o mágico colorido de todas as flores. Sei que tu falarás sempre da natureza, lembrando o vento que sopra onde quer, os pássaros, os lírios dos campos… O teu brilho para a humanidade trará a grande luz espiritual para todos os que desejam buscá-la. (Ajoelha-se, como Maria, a adorar o menino – imaginável.)

TODOS: Jesus é a luz do mundo. Quem o segue jamais andará em trevas.

MÚSICA: Faixa 16 cd seleção de natal

MULHER POBRE – (sem jeito e próximo à manjedoura) Desculpe, Jesus, por eu vir assim, tão mal vestida, para a grande festa de Natal. Mas eu não tenho mesmo uma roupa melhor. Represento todos os pobres espalhados pela face da terra, e fico feliz porque tu não te importas com as aparências; só olhas para o interior das criaturas. Sei que em tua vida estarás sempre preocupado conosco e ensinarás ao mundo o amor aos necessitados. Os que te seguirem aprenderão a dar pão a quem tem fome e água a quem tem sede. Eles saberão que as palavras de vida eterna são sempre completadas com as boas obras, porque de nada vale um amor só de palavras. (Ajoelha-se também junto aos demais.)

TODOS - “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo!”

PAZ - Eu represento a paz, meigo menino. Tenho o branco da paz, que nunca faltará em teu caminho porque tu és mesmo a maior mensagem de paz que o mundo já recebeu! Os anjos falaram de paz no momento eterno para a humanidade, quando tu nasceste. O teu nome será sempre exaltado por ser o maior exemplo de paz. Que todos os seres humanos possam seguir as tuas pegadas no ideal de semear sempre o amor e a paz! (Ajoelha-se.)

MÚSICA: OH, VINDE, FIÉIS!

SÁBIO - Eu também quero participar do Natal. Estou representando os cientistas, os grandes descobridores. Também os matemáticos e intelectuais de todos os tempos. Quero conhecer-te, menino Jesus, porque ainda que eu tentasse demonstrar, através da ciência, e provar o contrário, tu permanecerias a maior procura de toda a humanidade. Os sábios pretendem conhecer todos os mistérios da terra, mas sem Ti, desconhecem os caminhos da paz, da fé e do amor verdadeiro, que conduzem ao Céu. (Coloca-se também de joelhos.)

MOÇA CRISTÃ - Salve, Rei de Israel! Serei tua seguidora, uma cristã. Aprenderei o desapego das coisas materiais e o amor ao próximo. Tomarei cada dia a minha cruz e não levarei bolsa nem alforje quando sair pelos caminhos anunciando as boas-novas de salvação. Serei como Maria, a irmã de Marta, que preferiu sempre a tua companhia às preocupações e à pressa. Terei a audácia de Paulo e o fervoroso amor de Pedro, o pescador de almas. Serei corajosa como João em Patmos e simples como Maria, a mãe! O meu pedido será sempre o mesmo: “Ensina-me a fazer o que queres que eu faça”. (Ajoelha-se.)

NARRADORA - (de pé alegremente, em torno da manjedoura) O Natal eterno nasce todo dia no coração da gente, quando aceitamos a Jesus Cristo, o Rei nascido numa manjedoura em Belém! E esta é a história do Natal, a mais bonita história de todos os tempos! Mas Natal são todos os dias do ano, quando se aceita a bela mensagem em forma de criança nascida um dia na manjedoura, em Belém!

MÚSICA FINAL TODOS JUNTOS: NOITE FELIZ.

Lição 08: Aprendendo a repartir


MATERIAL DE APOIO PARA A CLASSE DE JARDIM DE INFÂNCIA EBD.

Texto Bíblico:Atos 4:32-37.

32 Todos os que creram pensavam e sentiam do mesmo modo. Ninguém dizia que as coisas que possuía eram somente suas, mas todos repartiam uns com os outros tudo o que tinham.

33 Com grande poder os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e Deus derramava muitas bênçãos sobre todos.

34 Não havia entre eles nenhum necessitado, pois todos os que tinham terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro

35 e o entregavam aos apóstolos. E cada pessoa recebia uma parte, de acordo com a sua necessidade.

36 José era levita e havia nascido na ilha de Chipre. Os apóstolos o chamavam de Barnabé, que quer dizer “Aquele que dá ânimo”.

37 Foi assim que José vendeu um terreno dele e entregou o dinheiro aos apóstolos.

Objetivo:Que a criança tenha maior facilidade em emprestar, compartilhar, dar e repartir objetos pessoais, brinquedos e alimentos com outras crianças ou adultos.

Versículo visualizado:
Palavra do dia:
Lembrancinhas:

Que Deus abençoe sua aula abundantemente!




quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Lição 08: Louve a Deus por nosso Salvador!


MATERIAL DE APOIO A REVISTA DO MATERNAL EBD.
Texto Bíblico: Lucas 1.26-55; 2:1-20

26 Quando Isabel estava no sexto mês de gravidez, Deus enviou o anjo Gabriel a uma cidade da Galiléia chamada Nazaré.

27 O anjo levava uma mensagem para uma virgem que tinha casamento contratado com um homem chamado José, descendente do rei Davi. Ela se chamava Maria.

28 O anjo veio e disse: —Que a paz esteja com você, Maria! Você é muito abençoada. O Senhor está com você.

29 Porém Maria, quando ouviu o que o anjo disse, ficou sem saber o que pensar. E, admirada, ficou pensando no que ele queria dizer.

30 Então o anjo continuou: —Não tenha medo, Maria! Deus está contente com você.

31 Você ficará grávida, dará à luz um filho e porá nele o nome de Jesus.

32 Ele será um grande homem e será chamado de Filho do Deus Altíssimo. Deus, o Senhor, vai fazê-lo rei, como foi o antepassado dele, o rei Davi.

33 Ele será para sempre rei dos descendentes de Jacó, e o Reino dele nunca se acabará.

34 Então Maria disse para o anjo: —Isso não é possível, pois eu sou virgem!

35 O anjo respondeu: —O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Deus Altíssimo a envolverá com a sua sombra. Por isso o menino será chamado de santo e Filho de Deus.

36 Fique sabendo que a sua parenta Isabel está grávida, mesmo sendo tão idosa. Diziam que ela não podia ter filhos, no entanto agora ela já está no sexto mês de gravidez.

37 Porque para Deus nada é impossível.

38 Maria respondeu: —Eu sou uma serva de Deus; que aconteça comigo o que o senhor acabou de me dizer! E o anjo foi embora.

39 Alguns dias depois, Maria se aprontou e foi depressa para uma cidade que ficava na região montanhosa da Judéia.

40 Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.

41 Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança se mexeu na barriga dela. Então, cheia do poder do Espírito Santo,

42 Isabel disse bem alto: —Você é a mais abençoada de todas as mulheres, e a criança que você vai ter é abençoada também!

43 Quem sou eu para que a mãe do meu Senhor venha me visitar?!

44 Quando ouvi você me cumprimentar, a criança ficou alegre e se mexeu dentro da minha barriga.

45 Você é abençoada, pois acredita que vai acontecer o que o Senhor lhe disse.

46 Então Maria disse:

47 —A minha alma anuncia a grandeza do Senhor. O meu espírito está alegre por causa de Deus, o meu Salvador.

48 Pois ele lembrou de mim, sua humilde serva! De agora em diante todos vão me chamar de mulher abençoada,

49 porque o Deus Poderoso fez grandes coisas por mim. O seu nome é santo,

50 e ele mostra a sua bondade a todos os que o temem em todas as gerações.

51 Deus levanta a sua mão poderosa e derrota os orgulhosos com todos os planos deles.

52 Derruba dos seus tronos reis poderosos e põe os humildes em altas posições.

53 Dá fartura aos que têm fome e manda os ricos embora com as mãos vazias.

54 ( 54 - 55 ) Ele cumpriu as promessas que fez aos nossos antepassados e ajudou o povo de Israel, seu servo. Lembrou de mostrar a sua bondade a Abraão e a todos os seus descendentes, para sempre.

55 ( 54 - 55 ) Ele cumpriu as promessas que fez aos nossos antepassados e ajudou o povo de Israel, seu servo. Lembrou de mostrar a sua bondade a Abraão e a todos os seus descendentes, para sempre.

Lucas 2:1-20:

1 Naquele tempo o imperador Augusto mandou uma ordem para todos os povos do Império. Todas as pessoas deviam se registrar a fim de ser feita uma contagem da população.

2 Quando foi feito esse primeiro recenseamento, Cirênio era governador da Síria.

3 Então todos foram se registrar, cada um na sua própria cidade.

4 Por isso José foi de Nazaré, na Galiléia, para a região da Judéia, a uma cidade chamada Belém, onde tinha nascido o rei Davi. José foi registrar-se lá porque era descendente de Davi.

5 Levou consigo Maria, com quem tinha casamento contratado. Ela estava grávida,

6 e aconteceu que, enquanto se achavam em Belém, chegou o tempo de a criança nascer.

7 Então Maria deu à luz o seu primeiro filho. Enrolou o menino em panos e o deitou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na pensão.

8 Naquela região havia pastores que estavam passando a noite nos campos, tomando conta dos rebanhos de ovelhas.

9 Então um anjo do Senhor apareceu, e a luz gloriosa do Senhor brilhou por cima dos pastores. Eles ficaram com muito medo,

10 mas o anjo disse: —Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês, e ela será motivo de grande alegria também para todo o povo!

11 Hoje mesmo, na cidade de Davi, nasceu o Salvador de vocês—o Messias, o Senhor!

12 Esta será a prova: vocês encontrarão uma criancinha enrolada em panos e deitada numa manjedoura.

13 No mesmo instante apareceu junto com o anjo uma multidão de outros anjos, como se fosse um exército celestial. Eles cantavam hinos de louvor a Deus, dizendo:

14 —Glória a Deus nas maiores alturas do céu! E paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem!

15 Quando os anjos voltaram para o céu, os pastores disseram uns aos outros: —Vamos até Belém para ver o que aconteceu; vamos ver aquilo que o Senhor nos contou.

16 Eles foram depressa, e encontraram Maria e José, e viram o menino deitado na manjedoura.

17 Então contaram o que os anjos tinham dito a respeito dele.

18 Todos os que ouviram o que os pastores disseram ficaram muito admirados.

19 Maria guardava todas essas coisas no seu coração e pensava muito nelas.

20 Então os pastores voltaram para os campos, cantando hinos de louvor a Deus pelo que tinham ouvido e visto. E tudo tinha acontecido como o anjo havia falado.


Objetivo: Que a criança louve a Deus pelo Salvador Jesus.

Versículo Visualizado:
Palavra do dia:
Lembrancinhas:
Sugestão de atividade:

 

Total de visualizações de página

Related Posts with Thumbnails

Pequeninos de Jesus Copyright © 2009 Flower Garden is Designed by Ipietoon for Blogger Template Gallery Flower Image by Dapino