SEJA BEM VINDO!

terça-feira, 14 de abril de 2009

LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO


Segundo Soares Alfabetizar é tornar o individou capaz de ler e escrever. Analfabeto é aquele quem é privado do alfabeto, a que falta o alfabeto, ou seja, aquele que não sabe ler e escrever. Analfabetismo é um estado ou condição, o modo de proceder daquele que é analfabeto.
A palavra Letramento ainda tem seu sentindo mal entendido, por ser uma palavra que passou a fazer parte da nossa língua há pouco tempo. Letrado, segundo Souza, é aquela pessoa que além de saber ler e escrever é versado em letras, erudito, faz uso competente e freqüente da leitura e escrita.
O letrado difere-se do alfabetizado por adquirir um estado, uma condição diferente com relação ao seu modo de viver na sociedade. Na sua forma de se inserir na cultura a no seu relacionamento com os outros e com os bens culturais. Esses relacionamentos e trocas são diferentes, pois o letrado passa a fazer uso da leitura e escrita no cotidiano. A leitura e escrita são fatores comuns no seu dia-a-dia assim como tomar banho, se alimentar, dormir.
Uma pessoa alfabetizada ou analfabeta, mas não letrada não possui uma visão globalizada de outras culturas e vivências que vão muito além das cotidianas.
O letramento traz também conseqüências lingüísticas. O maior contato com a leitura e escrita amplia o vocabulário e conseqüentemente a linguagem oral e nas estruturas lingüísticas.
O letrado adquire competência para usar a leitura e a escrita envolvendo-se com práticas sociais da escrita: lêem livros, jornais, revistas, redigem um ofício, um requerimento, uma declaração, preenchem com facilidade um formulário, não sentem dificuldades para escrever um telegrama, uma carta, acham com facilidade informações num catálogo telefônico, num contrato de trabalho, numa conta de luz, numa bula de remédio. Diferente do alfabetizado e iletrado que mesmo possuindo o conhecimento de decifração e codificação do alfabeto não o inseriu como uma condição ou estado em sua vida, sendo assim terá dificuldades em realizar algumas das atividades anteriormente descritas.
È importante então que não somente se alfabetize, mas se faz necessário também que se “letre”. O processo de alfabetização e letramento devem acontecer concomitantemente e devem ter um sentido contextualizado na vida de quem está participando dele é preciso fazer as crianças ou adultos, alfabetizandos sentirem prazer pela atividade da leitura e escrita para que esta seja inserida de forma útil ,dinâmica e freqüente em suas vidas. Esse é um bom começo para se trilhar caminhos de mudanças e sucessos em nossa sociedade.

Referência indicada para aprofundamento do tema:
SOUZA, Magda Becker. Letramento, um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica,1998.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Total de visualizações de página

Related Posts with Thumbnails

Pequeninos de Jesus Copyright © 2009 Flower Garden is Designed by Ipietoon for Blogger Template Gallery Flower Image by Dapino